O deputado estadual e presidente do PSL na Bahia, Marcelo Nilo, fez uma crítica ao PSDB, seu ex-partido, que anunciou a permanência na base aliada ao governo do presidente Michel Temer (PMDB).

“Vocês acham que os tucanos iam soltar o osso? Jamais. Foi feito um acordo com o PMDB. Me segure que eu te seguro”, disse o parlamentar em seu perfil na rede social Twitter.

A sigla tucana havia deixado a decisão de sair, ou não, do governo para depois do julgamento da chapa Dilma-Temer pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que acabou por absolver a coligação eleita em 2014.

Notícia relacionada:

PSDB decide permanecer no governo de Michel Temer