domingo, junho 16, 2024

Faixa de Gaza iluminada por explosões e ataques aéreos israelitas

A noite na Faixa de Gaza foi mais uma vez iluminada por explosões e ataques aéreos israelenses, após mais um dia de confrontos entre o Hamas e as forças israelitas. O conflito já deixou mais de mil mortos de ambos os lados.

Segundo o Ministério da Saúde palestino, 421 palestinos foram mortos, incluindo 78 crianças. Já as autoridades israelitas falam em mais de 700 mortos e mais de 2.243 feridos.

As forças do Hamas também revelaram que detiveram dezenas de soldados israelenses. Israel, por sua vez, anunciou que atingiu cerca de 800 alvos do Hamas e que matou centenas de membros da milícia palestina.

A Faixa de Gaza é um enclave densamente povoado, onde vivem cerca de 2 milhões de pessoas em condições difíceis. O local é palco de conflitos frequentes entre Israel e o Hamas, o grupo islâmico que controla o enclave.

O mundo ocidental condenou as ações do Hamas, que lançou foguetes contra Israel. Países como o Brasil, os Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Portugal consideraram que a operação foi um ato “terrorista”.

O ano de 2023, que marca os 75 anos da independência de Israel, tem sido marcado por uma intensificação de ataques na região. Além de Gaza, a Cisjordânia também tem sido alvo de confrontos.

Notícias ao Minuto

recentes