A CONMEBOL anunciou, nesta terça-feira, 5, numa publicação nas redes sociais que a final da Taça Libertadores da América vai ser disputada em Lima, no Peru.

A mudança surge na sequência da situação complicada que vive Santiago, no Chile – a cidade escolhida para a realização da grande final – e que tem assistido a manifestações violentas por parte da população chilena.

A decisão foi tomada hoje, depois de uma reunião em Assunção, capital do Paraguai, e na qual também participaram representantes dos dois clubes que vão disputar a final.

Assim, o jogo entre River Plate e Flamengo, vai acontecer no Estádio Municipal de Lima no próximo dia 23 de novembro.

A mudança de local dá a possibilidade a mais 31.428 espectadores de verem ‘in loco’ o encontro, já que o novo palco tem capacidade para 80.093, contra os 48.665 do Estádio Nacional de Santiago.

No ano passado, a CONMEBOL também teve de alterar o palco da final, mais precisamente a segunda rodada da disputa, que passou do Monumental Nuñez, a casa do River Plate, para o Santiago Bernabéu, em Madrid, depois de um ataque ao ônibus do Boca Juniors.