Fluminense tenta encerrar jejum de vitórias em duelo direto com o Bahia

11

O técnico Marcão assumiu a missão de tentar reerguer o Fluminense após a queda na Libertadores e teve que encarar logo dois jogos contra o Atlético-MG, um dos melhores times da temporada até o momento. Agora, chegou a hora de encontrar uma equipe mais próxima da realidade do time carioca. Nesta segunda-feira, o adversário será o Bahia, em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão, marcado para as 19 horas, no Maracanã.

Os dois times estão empatados com 18 pontos, mas o Fluminense está abaixo, em 16º lugar, enquanto o Bahia ocupa a 15ª colocação, por vantagem no número de vitórias. Além de tentar a ultrapassagem para se distanciar da zona de rebaixamento, o time comandado por Marcão busca encerrar um jejum de seis jogos sem vitórias na temporada. No Brasileirão, são cinco partidas sem vencer.

Depois da eliminação na Libertadores, duas semanas atrás, e da derrota para o Atlético-MG no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, na última quinta-feira, o Fluminense entra em um momento no qual poderá focar apenas no Brasileiro. Isso porque o próximo jogo contra os atleticanos será apenas no dia 15 de setembro.

“A gente tem uma sequência muito importante agora no Campeonato Brasileiro, mas acredito que vai ser o reflexo que a nossa equipe vai demonstrar dessas partidas no campeonato. Vamos escolher a melhor equipe, a melhor estratégia para conseguir os pontos no Brasileiro”, avaliou Marcão.

O treinador tem uma dúvida para montar o time que vai enfrentar o Bahia. Sem contar com Luiz Henrique, suspenso, Marcão segue sem poder utilizar Caio Paulista, ainda se recuperando de uma lesão de grau três na coxa direita. Com isso, existe uma briga entre Gabriel Teixeira e Arias pela posição em aberto no setor ofensivo.

TÉCNICO NOVO – Em confronto direto na luta contra o rebaixamento, o Bahia aposta na estreia do técnico argentino Diego Dabove para levar a melhor sobre o Fluminense.

Anunciado na semana passada para substituir Dado Cavalcanti, demitido após uma sequência ruim de resultados, Dabove não teve muito tempo para trabalhar e por isso dificilmente deve fazer grandes mudanças em relação a derrota para o Grêmio, por 2 a 0.

O argentino deve promover o retorno do artilheiro Gilberto ao time titular. Com isso, Rodriguinho pode ser recuado e Daniel ir para o banco de reservas, abandonando o esquema com três volantes.

O goleiro Danilo Fernandes, o volante Ronaldo e os meias Ramírez e Thonny Anderson estão no departamento médico. Todos eles já vinham desfalcando o Bahia.

Sem ganhar há sete partidas – seis derrotas e um empate -, o Bahia está em queda livre no Brasileirão. Com 18 pontos se distanciou das primeiras colocações e se aproximou da zona de rebaixamento.