terça-feira, abril 23, 2024

Força Total resulta na apreensão de 103 armas de fogo em 12 horas

De forma inédita e simultânea, a Operação Força Total foi realizada pelas Polícias Militares nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal (DF), das 7h às 19h desta terça-feira (7), e registrou resultados significativos, como a apreensão de 103 armas de fogo e 335 prisões em flagrante, consequência das ações de prevenção e ostensividade em todo Brasil.

Na Bahia, essa foi a 15ª edição com emprego máximo do efetivo operacional e administrativo. A PMBA abordou mais de 55 mil pessoas e quase 32 mil veículos (carros e motos), resultando na apreensão de 28 armas de fogo, na recuperação de 18 veículos com restrição de furto ou roubo, na prisão em flagrante de 24 pessoas, no cumprimento de 11 mandados de prisão e em 27 registros de apreensões de drogas.

Em todo país, além de 103 armas de fogo apreendidas e 335 pessoas presas em flagrante, foram recuperados 133 veículos, cumpridos 193 mandados de prisão e registrados 1.707 apreensões de drogas.

“Este reforço no policiamento a serviço do Brasil, de forma simultânea, é resultado de um esforço conjunto que demonstra o compromisso das Polícias Militares com a missão de proteger e garantir a ordem pública. Estamos imbuídos na luta contra a criminalidade”, ressaltou o comandante-geral da PMBA, coronel Paulo Coutinho, que exerce o cargo de presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares (CNCG-PM), idealizador da Operação Força Total e articulador junto aos comandantes-gerais dos demais estados brasileiros e do DF.

Balanço – Na Bahia, a operação está na 15ª edição e no acumulado conseguiu retirar de circulação 314 armas de fogo, prender 501 criminosos em flagrante e recuperou 259 veículos. O empenho da tropa também resultou no registro de 300 termos circunstanciados de ocorrência (TCOs), na apreensão de 103 adolescentes e no cumprimento de 198 mandados de prisão nos 417 municípios baianos.

Acorda Cidade – Foto: SSP/BA

recentes