Mais de uma dezena de caminhões militares atravessaram, na noite de quarta-feira, a cidade de Bergamo, no norte de Itália, com 60 caixões.

As fotografias, tiradas por fotógrafos da Reuters e por internautas que partilharam nas redes sociais, são impressionantes e chocam até os mais insensíveis.

O transporte dos restos mortais para cidades próximas como Modena, Acqui Terme, Domossola, Parma e Piacenza foi necessário porque o crematório de Bergamo, apesar de estar trabalhando 24 horas por dia, não tem capacidade suficiente para cremar todos os corpos das vítimas que faleceram com Covid-19, conta o Corriere della Sera.

O Exército está assim encarregado de transportar os restos mortais das vítimas do novo coronavírus para crematórios vizinhos e trazer de volta a Bergamo as cinzas que serão, posteriormente, entregues às famílias.

Ver imagem no Twitter

Vídeo incorporado
Notícias ao Minuto