As manifestações contra a reforma da previdência e a reforma trabalhista mobilizaram 177 cidades pelo interior do estado da Bahia e fecharam 16 estradas, entre BR’s e BA’s na manhã desta sexta-feira (28).

De acordo com a CUT o ato que estava marcado para às 15:00 do Campo Grande foi atrasado por conta da falta de público. A falta de transporte público tem prejudicado o deslocamento da população. Os manifestantes estão contando com as caronas solidárias para chegar até o local do ato.

A expectativa é de que mais 80 municípios paralisam as atividades pela tarde. A Bahia teve 89% de adesão das principais categorias. O maior número registrado entre todos os outros estados.

O ato aconteceu em cidades como Porto Seguro, Paulo Afonso, Amélia Rodrigues, Amargosa, Barreiras, Cachoeira, Camumu, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Santa Bárbara, Riachão do Jacuípe, Jacobina, Ipirá, Mundo Novo, Itapetinga, dentre outras.

Por Chayenne Guerreiro | Fotos: Paulo Macedo / Bocão News