terça-feira, abril 23, 2024

Guerra de fogos aterroriza moradores em Salvador

Moradores do bairro de Águas Claras, em Salvador, se assustaram com uma ‘guerra de fogos’ registrada entre as ruas Benedito Jenkis e Francisco Leite, na noite de quinta-feira, 29. Imagens que circulam nas redes sociais mostram que uma rua foi completamente interditada para o confronto e o barulho das explosões foi alto.

Em nota, a Polícia Militar afirmou que foi acionada e, ao chegar, os agentes encontraram diversas pessoas na prática da guerra de fogos, “que ao perceberem a presença da equipe, fugiram. Foram realizadas buscas, mas nenhum suspeito foi localizado.”

Nas redes sociais, também foi relatada a ‘guerra de fogos’ no bairro do IAPI, chegando a parte da Avenida San Martin, na noite de quinta. No entanto, a PM disse não ter sido acionada para essa ocorrência e que guarnições realizaram rondas na localidade e nenhuma situação associada a guerra de fogos foi verificada.

Ações da PM

Uma operação conjunta foi realizada na quarta e na madrugada desta quinta, visando prevenir e coibir a guerra de espadas no bairro de Periperi. Mesmo com a conclusão da operação, o policiamento seguiu intensificado em toda localidade.

Segundo a corporação, das 14h às 20h de quarta-feira, a 18ª CIPM realizou, com apoio do Esquadrão de Motociclistas Águia e da Transalvador, blitz e abordagens na Rua Doutor Barreto. Foram abordadas 155 pessoas e 100 veículos quatro e duas rodas. Também foram autuados 64 veículos e motos e 25 foram removidos.

Ainda conforme a PM, das 18h às 3h desta quinta, a 18ª CIPM, com apoio do Batalhão de Choque, do Batalhão de Patrulhamento Tático Móvel (Batamo) e do Comando de Policiamento Regional da Capital – Baía de Todos os Santos (CPRC-BTS), seguiu em operação na prevenção à guerra de espadas na rua Dr. Almeida, na praça principal da Urbis e adjacências, com rondas e ponto base, para garantir a segurança da população de Periperi. Ninguém foi preso durante essa atuação.

A Tarde – Foto: Reprodução

recentes