No dia 18 de dezembro passado, moradores da Rua Riachuelo e José Gabriel em Ipirá, revoltados com uma questão de saúde pública, relataram ao Caboronga Notícias, a situação de uma residência que fica localizada da Riachuelo Nº 114, onde segundo eles, uma senhora de prenome Elizete, idosa vive sozinha trancada nessa residência com 12 cães.

Segundo informações de populares, a residência pertence a um senhor conhecido popularmente por “Mano”. Ainda segundo informações, a idosa foi trazida de Camacarí para essa casa pelo proprietário. Ninguém sabe informar se a idosa tem algum laço parentesco com o proprietário da casa.

Na época uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde esteve no local averiguando as informações e nada foi feito em favor da idosa.

Nesta quinta-feira (27), por ordem judicial, a idosa foi transferida juntamente com os 12 cães para outra casa alugada pelo senhor “Mano” na Rua José Gabriel, passou mal e foi socorrida para a UPA, onde permanece internada. Após o internamento da idosa, todos os cães foram soltos por alguém e estão pelas ruas de Ipirá sofrendo ameaças e em situação de risco.

De acordo com informações, na tarde desta quinta-feira (27), dois cães desta senhora foram mortos um enforcado e o outro a pauladas, na José Gabriel.

“Ninguém tem o direito de matar os cães desta senhora. Não importa a situação da mesma, temos que ajudá-la…. Até encontrar um lar para estes cães. Já que o poder público não se importa, aqueles que podem ajudar de alguma forma, vamos tentar ajudar esses cães, que até ontem estavam com sua tutora, sendo todos cuidados pela mesma.
Apesar de todos os problemas que a senhora está enfrentando, em nenhum momento ela deu veneno e nem abandonou seus cachorros. As pessoas têm que compreender que não se pode maltratar e matar animais”. Disse Cristina Villarino, que além de resgatar um dos cães que estava sendo agredido, faz um apelo dramático para que pessoas de bom censo, ajudem a recolher estes animais que estão perambulando na rua.

Como a idosa está internada na UPA, e a situação requer cuidados médicos, cabe as Secretarias de Assistência Social e Saúde, tentarem localizar a família dessa idosa para que ela seja amparada pelos seus familiares.

Caboronga Notícias com informações e fotos de Cristina Villarino