Quando se imaginava que a peregrinação das ambulâncias finalmente terminaria, o prefeito Marcelo Brandão (DEM), em recente pronunciamento na Câmara de Vereadores de Ipirá, informou que a ambulância de suporte avançado (USA) será devolvida ao Ministério da Saúde. Segundo o prefeito, está faltando apenas o cumprimento de alguns termos burocráticos par a devolução do veículo.

Entenda o caso
Atendimento Móvel de Urgência (Samu) paradas. E assim que elas estão, sem atender nenhum paciente, desde a entrega em dezembro de 2012 em Ipirá.

Os veículos (uma ambulância tipo USB e USA uma unidade de suporte avançado), estavam no pátio da prefeitura aguardando, segundo a Secretaria da Saúde, pessoal qualificado para executar o serviço.

O então secretário de Saúde do município, Gildeon Oliveira da Silva, no início de 2016, falou ao jornal A Tarde que as ambulâncias foram estacionadas na empresa, que cedeu o espaço, após a ocorrência de um incêndio de veículos que estavam na área da sede da prefeitura, como medida para salvaguardar os equipamentos móveis de saúde.

Ele informou que tomaria providências para retirar as ambulâncias da empresa: “Estamos finalizando a reforma da base do Samu para acomodar os veículos e a equipe do serviço. Mas o espaço em que as ambulâncias estão agora é seguro”. Disse o secretário.

Uma central de regulação deveria estar funcionando em Feira de Santana (a 109 km da capital), para atender, além de Ipirá, a Amélia Rodrigues, Riachão do Jacuípe, Baixa Grande, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Irará, Nova Fátima, Santa Bárbara e Santo Estevão.

Ambulância UBS
É uns veículos mais simples com equipamentos de primeiros socorros, para atendimento de pequena e média complexidade.

Ambulância USA
A USA, popularmente conhecidas como UTI Móveis, dispõe dos equipamentos como monitor multiparâmetros, ventiladores mecânicos, bombas de infusão e medicações específicas como trombolíticos (essenciais em pacientes com Infarto Agudo do Miocárdio), adrenalina (utilizada em PCR), além de todo material e equipamentos para imobilização. A equipe assistencial da USA é composta por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor socorrista”.

O mais estranho disso tudo é que, com o anuncio do atual prefeito não gerou nenhuma reação entre os vereadores, que por sua vez permaneceram calados.

O município de Ipirá, tem aproximadamente 70 mil habitantes e não possui uma UTI Móvel. Recebeu em 2012 duas ambulâncias deste porte e simplesmente fará a devolução do veículo de maior potencial em atendimento de urgência e emegência.

Caboronga Notícias com informações de A Tarde