Ipirá: Explosões, tiros e reféns em assalto a banco

A população de Ipirá, no território da Bacia do Jacuípe, distante 202km de Salvador, acordou na madrugada desta sexta-feira (04), com fortes explosões e rajadas de tiros. Bandidos fortemente armados, colocaram fogo em um veículo em frente à sede da 98ª CIPM e em seguida, explodiram as agências do Bradesco e Banco do Brasil. Os assaltantes se dividiram em quatro grupos durante a ação, que ocorreu por volta das 2h, numa ação que durou aproximadamente 40 minutos.

Enquanto um grupo atacava as agências bancárias, outra parte se dirigiu à companhia da Polícia Militar do município e lá colocaram fogo em um veículo em frente à sede da 98ª CIPM. Um terceiro grupo foi para a delegacia na tentativa de manter os policiais intimidados. O quarto grupo de assaltantes se dirigiu a uma casa de passagem, onde fez reféns pacientes que viajariam para Salvador, onde fariam tratamento de saúde.

Os reféns que foram pegos na casa de passagem foram liberados fora da sede do município e ninguém ficou ferido.

Até o momento, não há informações se o grupo conseguiu levar alguma quantia no assalto. Aproximadamente 25 homens participaram da ação, conforme informações da polícia.

Muitos tiros foram ouvidos em vários pontos da cidade. Só nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira é que a população teve a noção do estrago causado pela ação criminosa. Dos bancos atingidos, o Bradesco teve suas instalações totalmente destruídas pelas explosões. Um forte aparato policial já está na com idade e os bancos estão isolados ao público.

Caboronga Noticias com imagem via WhatsApp