Ipirá Sem Fome

PROGRAMA DO DERROTADO — Proteção Social Especial
12 – continuidade da parceria com a rede intersetorial para o atendimento das demandas de enfrentamento ao trabalho infantil;

13 – manter articulação com os CRAS e os Núcleos de Capacitação para Geração de Trabalho e Renda, para proporcionar às famílias em situação de violação de direitos prioridades no atendimento;

14 – Capacitação técnica das equipes, visando qualificar as ações desenvolvidas;

15 – Promulgação de Lei Municipal criando o Programa Família Acolhedora – Serviço que organiza o acolhimento de Crianças e adolescentes, inclusive aqueles com deficiências, aos quais foi aplicada medida de proteção,por motivo de abandono ou violação de direitos, cujas famílias ou responsáveis encontrem-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção;

16 – Criação da República da Melhor Idade – Casa de Acolhimento Municipal, para oferecer a idosos vítimas de violência, abandono, quebra ou suspensão momentânea do vínculo familiar e comunitário, com direitos violados ou ameaçados, de baixa renda que não dispunham de uma moradia digna, o acolhimento com atendimento integral sendo de, com cuidados de alimentação, entretenimento, enfermagem, espiritualidade, além de participação em atividades lúdicas e criativas;

17 – Recriando a vida – trabalho multiprofissional para reinserção social de adolescentes e jovens usuários de (substâncias psicoativas) drogas, após deixar o consumo dos entorpecentes;

18 – Criação Programa Patrulheiros Mirins – Crianças e jovens são preparados para a atuação cidadã em atividades que se inserem na luta contra a exploração do trabalho infantil. Os integrantes participarão de atividades de integração social, orientação moral e cívica no período extra-escolar e atuarão como protagonistas em ações educativas contra a exploração do trabalho infantil;

19 – Garantia de Manutenção e ampliação das atividades da Casa de Acolhimento para crianças do Município;

20 – suporte financeiro para a construção da sede própria da APAE;

21 – Manutenção do apoio financeiro à APAE e Projeto Dançar à Vida;

22 – Ampliação das ações de Prevenção e enfrentamento às drogas;

PROGRAMA DO VENCEDOR — Desenvolvimento social –nossa maior paixão
Temos notado a grande carência de algumas pessoas em Ipirá, que vão dormir à noite sem comer absolutamente nada. Esse relato que temos colhido de alguns dos nossos conterrâneos, nos acendeu a idéia, já posta em prática em outras cidades brasileiras, da criação do Sopão, em nossa terra. A Secretaria de Desenvolvimento Social vai criar um espaço em região central da cidade e lá instalar o Sopão, com muito asseio, qualidade e sabor.

Essa Secretaria vai procurar parcerias com empresas privadas, que se somarão ao esforço público e, assim, aproximadamente 300 (trezentas) pessoas verdadeiramente carentes vão passar a dormir alimentadas, por uma sopa saborosa, acompanhada de um pão fresco. A dignidade na vida do povo nos interessa muito.

Os portadores de necessidades especiais terão um treinamento muito especial. Além de desenvolvermos um projeto para toda cidade de rampas especiais para facilitar a locomoção, o nosso governo vai adquirir um veículo exclusivo para o transporte de portadores de necessidades especiais, para tratamento, em outros Centros Urbanos.

Os projetos sociais dos governos Federal e Estadual terão todo apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, que não poupará esforços para aplicá-los e desenvolvê-los para facilitar a vida do povo.

Todos os projetos sociais serão executados com a máxima seriedade e transparência, com divulgação de cadastros e lista de beneficiários pela internet, no site da Secretaria a ser imediatamente criado.

MINHA OPINIÃO – Será que Ipirá vai deixar de ser um Reino da Necessidade? Pelos projetos dos dois vai…

OPINIÃO DOS ALUNOS — “O prefeito tem que nos representar, tem que investir na educação, na saúde, na segurança, que melhore nossa economia e que, acima de tudo, ouça nossas opiniões e sugestões para mais melhorias.” Thais Santos Carvalho 1º. Ano

“Ter uma faculdade, com mais opções de ensino.” Nathiele Santos 1º. B

“Primeiramente o calçamento de todas as ruas de chão; ter alguma faculdade; trazer mais fábricas para gerar empregos e que o prefeito tenha um pouco de solidariedade com a população.” Ernandes 1º. A

“Na minha opinião para a cidade começa a se desenvolver é necessário o comprometimento do prefeito para que invista na saúde, na educação e por meio de projetos busque trazer aos jovens uma oportunidade e, também, invista na infraestrutura e na melhoria de postos de atendimentos à saúde.” Manuel Victo M. Nascimento 1º. C

“Trazendo novas oportunidades de emprego, melhorando o saneamento das ruas da cidade e povoados ; uma transformação completa na saúde pública; um investimento numa faculdade. Enfim, precisa-se de novos investimentos em todas as áreas da cidade e povoados, saneamento e estradas vicinais de qualidade.” Elisangela Melo Sampaio 3º. A

“Ipirá precisa de empresas que gerem empregos para que os jovens tenham mais oportunidades. Melhoras na educação e na saúde, que é precária em nossa cidade. Fortalecer a segurança, para dar mais liberdade aos moradores. Promover bem-estar e lazer, oferecer um ambiente agradável para os moradores.” Samara Santos 2º. B / MBM

“Um bom prefeito, que pense na população e invista na educação, na saúde pública, na coleta de lixo, saneamento básico e outras obras e serviços que a cidade necessita.” Valéria Tereza 1º. C

“Para melhorar a minha cidade, precisa melhorar a educação, a pavimentação da cidade, a saúde. Trabalhar para o povo da minha cidade. Melhorar o policiamento da cidade e as ruas que estão esburacadas; colocar mais iluminação e, acima de tudo, olhar para a cidadania, a ética e o respeito para com o cidadão de bem. Os políticos têm que dar mais respeito com o pobre trabalhador de nossa cidade, tem que melhorar e dá vez ao pobre e parar de dar mais atenção ao rico.” Tiago Freitas de Aquino 2º. Ano / MBM

“Trazer industrias para poder gerar mais emprego. Segurança para toda zona urbana e rural, com vídeo de monitoramento em toda a cidade e povoado. Fiscalização do prefeito em todo município.” Denilson Soares Lima
“Em primeiro lugar tem que acabar com essa de jacu e macaco. Mais áreas de trabalho; uma faculdade; mais educação e segurança. Asfaltar as ruas.” Lara Rebeca Bastos 2º.A

Postado por Agildo Barreto