O vereador de situação, Laelson Neves, apresentou na manhã desta terça-feira, 10, durante seu pronunciamento na Tribuna da Câmara Municipal, uma proposta para redução dos salários dos edis do município. A iniciativa partiu após a constatação do parlamentar sobre a ausência da Câmara Municipal em audiências importantes para o desenvolvimento do município, como a discussão sobre o incentivo ao emprego e renda, olhar as dificuldades do homem do campo, entre outras realizadas ao longo deste ano. Dos R$ 10.128,89 (dez mil, cento e vinte e oito reais e oitenta e nove centavos) que cada um dos 15 vereadores recebe atualmente a proposta é passar para cerca de R$ 3.000,00 (três mil reais).

“Aqui fica apenas na politicagem. Eu aqui não vou desmerecer os nobres edis dessa Casa, mas eu acho que o vereador fala muito e ganha muito também. Eu acho que a gente deve entrar com um projeto senhores vereadores, eu deixo aqui para vereador de Ipirá ganhar apenas R$ 3 mil reais por mês”, enfatizou o parlamentar Laelson Neves que foi aplaudido pelo público presente no plenário da Câmara de Vereadores.

Se aceita e aprovada pelos vereadores, a proposta deve gerar uma economia de mais de R$ 5 milhões de reais na próxima legislatura. Atualmente são gastos quase R$ 2 milhões de reais (R$ 1.823.200,20) por ano para pagamento dos vereadores de Ipirá.

De acordo com o Tribunal de Contas dos Municípios TCM, a Câmara Municipal de Ipirá custa aos cofres públicos R$ 2.344.897,44 por ano. Esse valor os 15 vereadores e os 25 servidores da Câmara, totalizando 40 pessoas.

Por Marcone Macêdo