O assunto sobre a desativação da Comarca de Baixa Grande voltou à tona neste final de semana. Representações de diversos setores da comunidade promoveram na manhã deste sábado, (1º/04) uma audiência pública pra tratar do assunto, A audiência aconteceu no plenário da Câmara Municipal e a mesa de discussão sobre o assunto foi composta por advogados, representantes da sociedade civil, vereadores, prefeito  e dos três ex-prefeitos, Ubiramir Kunh Pereira, Gilvan Rios e Pedro Lima Neto.

Participou também do evento o presidente da 27ª subseção da OAB regional de Itaberaba, Dr. Gabriel Mendes Mascarenhas. Para o Dr. Gabriel, a extinção da comarca de Baixa Grande traz danos aos advogados e a comunidade, que já encontra dificuldade pra ter acesso aos serviços prestados pela justiça. Ele comentou que o Tribunal de Justiça da Bahia tem intenção de fechar cerca de 60 comarcas em todo interior do Estado.

O vereador Humberto Suzart lembrou que nesta sexta-feira, dia (31), o Brasil completou 53 anos de ditadura militar, mas segundo ele, parece que o judiciário continua no período ditatorial, a medida que o judiciário quer tirar de Baixa Grande o direito a Justiça.

Do Bacia do Jacuípe