domingo, abril 21, 2024

Mais de 10 milhões de brasileiros já receberam a dose bivalente da vacina contra a Covid-19

No Brasil, mais de 10 milhões de pessoas já estão com a proteção reforçada contra a Covid-19, por meio da vacina bivalente. Até esta quinta-feira (20), das doses aplicadas, 8,1 milhões foram destinadas a idosos com 60 anos ou mais. Os dados estão disponíveis na plataforma LocalizaSUS.

A imunização com a vacina bivalente é voltada a quem já completou o esquema básico contra o vírus ou para quem recebeu uma ou duas doses de reforço. O intervalo entre a dose mais recente deve ser de quatro meses. O Ministério da Saúde reforça que, tanto as vacinas monovalentes quanto as bivalentes, têm segurança comprovada e são igualmente eficazes na proteção contra o coronavírus.

“A vacina tem que passar a ser a rotina de toda a nossa sociedade. Temos que confiar nas vacinas e na ciência para aumentar a cobertura vacinal”, reforça a ministra da Saúde, Nísia Trindade.

São esses os grupos prioritários que podem ser imunizados com as vacinas bivalentes:

Idosos de 60 anos ou mais de idade;
Pessoas vivendo em instituições de longa permanência a partir de 12 anos (ILP e RI) e seus trabalhadores;
Pessoas imunocomprometidas a partir de 12 anos de idade;
Indígenas, ribeirinhos e quilombolas (a partir de 12 anos de idade);
Gestantes e puérperas;
Trabalhadores da saúde;
Pessoas com deficiência permanente (a partir de 12 anos de idade);
População Privada de Liberdade e Adolescentes em Medidas Socioeducativas; e
Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade.
As ações do Movimento Nacional pela Vacinação seguem em andamento em todo o Brasil. O Ministério da Saúde reitera a necessidade de que todos os brasileiros e brasileiras contemplados no público-alvo busquem a unidade de saúde mais próxima para atualizar a caderneta de vacinação contra a Covid-19 e outras doenças.

Nathan Victor
Ministério da Saúde – Foto: Luís Oliveira/Sesai-MS

recentes