sexta-feira, junho 14, 2024

Mais de 2 milhões de pessoas curtiram o Festival Virada Salvador, informa Saltur

Mais de 2 milhões de pessoas curtiram os cinco dias de Festival Virada Salvador, que começou na última quinta-feira (28) e terminou neste domingo (1º) com mais de 100 horas de música e mais de 100 apresentações na Arena Daniela Mercury, na orla da Boca do Rio. De acordo com o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, o balanço da festa é extremamente positivo.

“Complementamos aí mais de 100 horas de música e, de fato, mais de 100 apresentações nos espaços. Diante de toda a infraestrutura de serviços públicos que a gente buscou oferecer para a população, todos eles estão recorde de atendimento, os indicadores relacionados à segurança pública em declínio, todo o trabalho também de assistência prestado pelos órgãos também com indicadores significativos”, avaliou.

O festival contou nesta edição com quatro palcos: Palco Virada, Super Trio da Virada, Brisa Divas e Escalada Eletrônica. Para Edington, os quatro espaços foram aprovados pelo público. “Então acho que juntando tudo isso a gente fez um festival diferente e ao mesmo tempo mantendo a tradição de ter uma diversidade musical, de fortalecer a nossa prata da casa e ao mesmo tempo trazer atrações de todo o Brasil, que fazem sucesso em todo o Brasil, para que viessem a Salvador”, afirmou.

Edginton comemorou o sucesso na idealização e execução da maior celebração do Réveillon do país, que completou nesta edição dez anos e se tornou uma referência para outros eventos no país. “A Prefeitura de Salvador promove na capital baiana o maior evento em espaços públicos do Brasil. Existem grandes festivais de música no Brasil, mas nenhum deles com essa dimensão em espaços públicos”, salientou.

“A gente tem muito o que celebrar durante todos esses dias, no sentido de grandes atrações que passaram por aqui com essa megaestrutura, com um palco belíssimo, com toda a cobertura que foi feita aqui e sobretudo pela expressão da população e dos turistas. A cidade está repleta dos turistas, em breve a gente vai ter os dados que devem ser divulgados da hotelaria, também do quantitativo de voos”, acrescentou.

O presidente da Saltur disse ainda que esse Festival coroou um momento importante de Salvador, que vive um momento extraordinário e de muita visibilidade. “Todo o trabalho que tem sido feito de fortalecimento da cultura, das artes, da música, do entretenimento fez com que a gente fizesse uma cidade ainda cada vez mais vibrante. Isso começou a atravessar fronteiras, com toda uma movimentação, inclusive de prestígio internacional, com figuras e celebridades internacionais vindo para a cidade, fora aquelas que já estão, que já participam e já promovem a cidade durante o ano inteiro. Então, acho que foi um ano muito especial da cidade”, destacou.

Bahia Notícias – Foto: Bruno Concha / Secom / PMS

recentes