Os camarotes que abrigariam a imprensa, o prefeito do município e o governo durante a Micareta de Feira de Santana deste ano, no circuito Maneca Ferreira foram interditados na tarde desta sexta-feira (19). De acordo com informações da secretaria de Desenvolvimento Urbano, a determinação é de uma comissão especializada formada por engenheiros da Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Uma nova vistoria aconteceu hoje por engenheiros responsáveis, que preferiram não expor os frequentadores ao risco de acidentes. A comissão atua durante todo o evento, observando os espaços montados na Avenida Presidente Dutra. Ainda conforme as informações, a Procuradoria Geral do Município vai ingressar com medidas judiciais contra a empresa que ganhou a licitação para montagem dessas estruturas.

A prefeitura pretende tomar atitudes severas contra a empresa responsável pela estrutura. A ordem do prefeito José Ronaldo é adotar “as mais duras ações possíveis” para penalizar a empresa. O pagamento que ela receberia por todo o serviço contratado, por exemplo, não deverá ser feito. O objetivo é bani-la de licitações públicas.

O secretário de Comunicação Social, Valdomiro Silva, lamenta o ocorrido. “Dezenas de profissionais de imprensa estão prejudicados, pois não vão poder usar o espaço idealizado para eles com muito carinho e respeito. Mas é melhor que seja assim do que colocar em risco a vida dessas pessoas”, diz ele.

O camarote da Polícia Militar também foi interditado pela Defesa Civil na noite desta sexta-feira (19).

Por Redação BNews | Fotos: Divulgação