quarta-feira, junho 19, 2024

Michelle Bolsonaro é blindada em evento do PL Mulher em SP, em meio a investigação da PF

Em meio às investigações sobre o suposto esquema de venda de joias presenteadas ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em viagens oficiais, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) participou nesta sexta-feira, 18, de uma reunião de trabalho do PL Mulher em São Paulo. O evento, fechado ao público, contou com um aparato de segurança reforçado para blindar Michelle de possíveis questionamentos, após a ex-primeira-dama entrar na mira da Polícia Federal (PF).

Nesta quinta-feira, 17, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), acolheu pedido da PF e autorizou a quebra de sigilo bancário e fiscal de Bolsonaro e Michelle. Nas redes sociais, a ex-primeira-dama criticou a decisão da Corte e disse ser vítima de perseguição política. “Fica cada vez mais claro que essa perseguição política, cheia de malabarismo e inflamada pela mídia tem como objetivo manchar o nome da minha família e tentar me fazer desistir”, escreveu.

O evento do PL Mulher, entidade presidida por Michelle desde março deste ano, marca a segunda agenda oficial da ex-primeira-dama em São Paulo como dirigente do partido. Na noite anterior à reunião da sigla, Michelle jantou com a primeira-dama do Estado de São Paulo, Cristiane Freitas, no Palácio dos Bandeirantes, sede da administração paulista. Após o encontro, ela se dirigiu a um hotel na Vila Guilherme, zona norte da capital, para passar a noite e participar do evento partidário no dia seguinte.

De acordo com integrantes do PL, Michelle continuará participando de encontros do partido a fim de impulsionar as lideranças femininas da sigla. No entanto, os eventos devem ser restritos para membros do PL e fechados à imprensa. Na reunião desta sexta-feira, Michelle não falou com os apoiadores que aguardavam do lado de fora do hotel, tampouco conversou com os jornalistas que ficaram na recepção do hotel.

A reportagem conversou com mulheres que participaram da reunião. Segundo os relatos, Michelle focou em questões gerais do partido e na preparação de pré-candidatas às eleições municipais do ano que vem. O evento contou com a participação de aproximadamente cem mulheres, distribuídas em vinte mesas. O encontro foi organizado pela deputada federal e pré-candidata à Prefeitura de Santos, Rosana Valle (PL-SP). A ideia do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, é lançar o maior número possível de postulantes em 2024, incluindo mulheres, sobretudo em municípios de segundo turno.

Correio – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

recentes