Ministério da Saúde divulga regras para vacinação de crianças

Governo abriu mão da exigência receita para imunização da faixa etária entre 5 e 11 anos. A data de início da aplicação não foi divulgada

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra covid-19 começará este mês, por faixa etária decrescente e com prioridade para quem possui comorbidade ou deficiências permanentes, disse o Ministério da Saúde em comunicado, acrescentando que a imunização poderá ocorrer sem prescrição médica por escrito se os responsáveis estiverem presentes no ato.

A decisão da pasta foi anunciada na tarde desta quarta-feira em entrevista coletiva comandada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e outras autoridades da pasta.

O ministério desistiu de exigir a prescrição médica, em um recuo em relação ao que autoridades do governo vinham indicando nos últimos dias. O presidente Jair Bolsonaro chegou a se manifestar publicamente contrário à vacinação das crianças.

Em comunicado, a pasta informou que o Brasil deve receber 3,7 milhões de doses de vacina pediátrica da Pfizer contra Covid-19 até fim de janeiro, e que já encomendou ao todo 20 milhões de doses.