O Ministério Público (MP) em Jacobina flagrou a venda de cachaças artesanais com a utilização de álcool combustível, ácido acético concentrado e outros produtos não identificados. O bar é localizado no Bairro da Serrinha e foi interditado pelo MP.

Os produtos serão encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jacobina. A ação fez parte de uma ação para fiscalizar a venda ilegal de bebidas alcoólicas à crianças e adolescentes, combater a exploração sexual de menores e fiscalizar a regularidade de bares e estabelecimentos.

De acordo com informações do blog Augusto Urgente, a ação contou com participação do Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Tributos.

Ao todo dez bares, distribuidoras e lanchonetes foram inspecionados nesta sexta (17) e no sábado (18). Cinco autuações administrativas por ausência de alvará sanitário foram expedidas pelo órgão. Dois equipamentos de som que produziam poluição sonora foram apreendidos e os estabelecimentos foram autuados. Mais de cem litros de bebidas impróprias e nove quilos de produtos deteriorados foram apreendidos pela operação.

Fonte: Bahia Notícias