Moro autoriza que Presidência busque 21 presentes guardados por Lula

O juiz Sergio Moro autorizou que seja buscado na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, alguns objetos que estavam em seu acervo pessoal de forma errada. Segundo relatório produzido pela Secretaria de Administração da Presidência, como os itens foram recebidos por Lula em trocas de presentes com outros chefes de estado, deveriam ter sido incorporados ao acervo da Presidência e não ao seu acervo pessoal.

De acordo com informações do Globo, Moro determinou que os 21 bens sejam entregues à Presidência pelo Banco do Brasil, onde estão guardados.

“Agentes públicos não podem receber presentes de valor e quando recebidos, por ser circunstancialmente inviável a recusa, devem ser incorporados ao patrimônio público”, decidiu o Juiz.

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br