sexta-feira, junho 14, 2024

MPF vai investigar injúria racial contra ministro Silvio Almeida

O ministro dos Direitos Humanos, Silvio Almeida, pediu ao Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE) que investigue uma ofensa racista proferida contra ele no perfil do Ministério dos Direitos Humanos no Instagram.

Protocolada na quarta-feira, dia 20, a notícia crime encaminhada ao MPF pede às autoridades a identificação do agressor e a responsabilização pelo crime de injúria racial.

De acordo com a denúncia, Almeida defendia um cessar-fogo no conflito entre Israel e Hamas em uma das postagens.

O agressor, por meio da aba de comentários, se referiu a Almeida como “macaco” e disse que o ministro “deveria estar no fogo cruzado”.

O MPF-PE informou, em nota, que “a manifestação será distribuída aleatoriamente para um procurador da República, que dará início à apuração por meio de instauração de procedimento chamado “notícia de fato” ou solicitando mais informações ao demandante”.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

recentes