A pandemia de Covid-19 obrigou à suspensão da grande maioria das competições desportivas em todo o mundo, entre elas a Fórmula 1, cuja temporada continua em dúvida após o adiamento ou mesmo cancelamento de oito Grandes Prêmios.

Mattia Binotto, responsável pela Ferrari, falou esta sexta-feira à rede de TV italiana Sky Sport, onde adiantou alguns dos cenários que, neste momento, estão em cima da mesa para o desenrolar do atual Campeonato do Mundo.

“Nós, as equipes, estamos falando com a Fórmula 1 e com a FIA. Há algumas hipóteses em cima da mesa, cada uma das quais está sendo considerada, como realizar um Campeonato do Mundo reduzido ou que a temporada de 2020 termine, por exemplo, em janeiro de 2021”, afirmou.

“Neste momento, temos que estar abertos a todas as hipóteses para realizar o maior número de Grandes Prêmios possível. Claro que interromper a Fórmula 1 pareceu-nos uma decisão responsável, até mesmo para ajudar as equipes menores”, completou.