O deputado Nelson Leal (PP) foi eleito nesta sexta-feira (1º) presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) com 62 votos. O pepista contou com o apoio da oposição e governo, após acordo selado no mês de dezembro com o aval do governador Rui Costa. Ele assume o cargo para o biênio 2019/2020. Ele concorreu com o deputado Hilton Coelho (PSOL), que apresentou uma candidatura simbólica para marcar território e teve apenas o próprio voto.

Pelo acordo firmado com governo, oposição o chefe do Executivo estadual, a vaga dessa Legislatura fica com o PP e na próxima com o PSD, através do deputado Adolfo Menezes.

“Juntos iremos trabalhar para o crescimento do legislativo baiano”, disse o novo presidente, Nelson Leal, ao registrar sua candidatura.

Após a posse dos 63 deputados estaduais eleitos e reeleitos, a nova Mesa Diretora da AL-BA é composta, conforme antecipado pelo BNews, pelos seguintes deputados:

Nelson Leal (PP) – presidente
Alex Lima (PSB) – 1º vice – presidente (57 votos)
Ivana Bastos (PSD) – 2º vice-presidente (58 votos)
Fabricio Falcão (PCdoB) – 3º vice-presidente (59 votos)
Soldado Prisco (PSC) – 4º vice-presidente (57 votos)
Maria Del Carmen (PT) – 1ª secretaria (56 votos)
Tom Araújo (DEM) – 2º secretário (58 votos)
Talita Oliveira (PSL) – 3ª secretário (59 votos)
Euclides Fernandes (PDT) – 4ª secretário (58 votos)

Os suplentes são os parlamentares: Fabíola Mansur (PSB), Samuel Júnior (PDT), Neusa Cadore (PT), Pedro Tavares (DEM) e Jurailton Santos (PRB).

A liderança do governo ficou a cargo do deputado Rosemberg Pinto (PT), e a liderança da oposição será tocada pelo deputado Targino Machado (DEM).

Por: Tamirys Machado com foto de Vagner Souza/BNews

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •