O número de mortos após a explosão de segunda (3) no metrô de São Petersburgo subiu de 11 para 14. Informação foi dada nesta terça-feira (4) pelo Ministério de Saúde da Rússia.

“Pudemos constatar a morte de 14 pessoas: 11 no metrô e três em consequência dos ferimentos recebidos”, afirmou a ministra da Saúde, Veronika Skvortsova.

Também nesta terça, os serviços secretos do Quirguistão anunciaram que um cidadão do país asiático deve ser o autor do atentado. De acordo com o G1, o suspeito do atentado nasceu em 1995 e foi identificado como Akbarzhon Djaliliv.

Noticias ao Minuto