A Organização das Nações Unidas (ONU) fez um alerta mundial nesta última sexta-feira (10): enfrentamos a maior crise humanitária desde 1945, com o drama da fome atingindo cerca de 20 milhões de pessoas na soma de apenas quatro países.

“Estamos em um momento crítico da história. Já no começo do ano, enfrentamos a maior crise humanitária desde a criação das Nações Unidas”, disse o secretário de assuntos humanitários da organização, Stephen O’Brien.

O termo “crise de fome” é utilizado apenas quando são identificados níveis de mortalidade, desnutrição e fome, em situações extremas e que não são frequentes. Segundo a instituição, o estado se agravou com a crise alimentar que vive o Sudão do Sul Somália, Iêmen e o nordeste da Nigéria. Agora, seriam necessários US$ 4,4 bilhões para reverter este quadro ainda em julho.

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br