A operação conjunta entre a Polícia Militar e Polícia Civil de Ipirá, desencadeada a partir do dia (11), recuperou 02 motocicletas roubadas. Os veículos foram abordados pelos policias, sendo observado irregularidades no chassi, que ao aprofundar a perícia, ficou comprovado que se tratavam de veículos com restrição de roubo.O Delegado Titular de Ipirá, Marcone Azevedo, destacou a importância das abordagens a motocicletas, para coibir os crimes violentos contra a pessoa e os crimes contra o patrimônio. O Delegado ainda mencionou sobre o grande número veiculações de notícias falsas em redes sociais, com informações de falsos roubos e até divulgações de vídeos de outras cidades como se fossem em Ipirá.

-Não vamos permitir que pessoas com má intenção fique a levar terror a comunidade, com publicações sistemáticas e falsas nas redes sociais. Estamos abrindo uma investigação para chegar aos autores. A Delegacia Circunscricional de Ipirá, com o apoio da 12° COORPIN, irá atuar firme para a contenção dos crimes no município. Informou o delegado.

Já o Major PM Igor Prazeres, Comandante da 98° CIPM, destacou a importância da gestão integrada de segurança pública realizada pelo Comando de Policiamento da Região da Chapada, que tem dado a possibilidade de Operações constantes na zona urbana e na zona rural de Ipirá, com a participação da Rondesp Chapada, Cipe Semi Árido e do Esquadrão Asa Branca. Além disto as operações em conjunto com a Polícia Civil, que já vêm trazendo resultados concretos.– O trabalho da Polícia Militar e da Polícia Civil em Ipirá tem sido incansável e não iremos reduzir a carga, estaremos na área com forte combate ao narcotráfico e com prevenção aos crimes violentos, sejam homicídio ou roubos. Em um período tão difícil, propiciado pela pandemia, com crise humanitária e econômica, as policias se juntam para tranquilizar a comunidade e atuar com firmeza e legalidade ao lado do cidadão. Disse o Major.

Caboronga Notícias com informações e fotos do comando da 98ª CIPM de Ipirá

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •