Uma adolescente de 12 anos teve a vida tratada como um negócio, sendo vendida pelo próprio pai a um fazendeiro, 44 anos mais velho que a menina. O caso absurdo aconteceu em Sergipe, na cidade de São Cristóvão.

Hoje com 14 anos, de acordo uma denúncia do programa Repórter Record, a adolescente era virgem quando foi ‘negociada’, em troca José Carlos, o pai dela, teria ganhado uma vaca como parte do acordo.

Durante oito meses a adolescente foi mantida como escrava sexual, dentro de uma casa da própria família, na zona rural. Moradores que descobriram a negociação, denunciaram à polícia. O fazendeiro, José dos Anjos, foi preso e condenado a oito anos em regime fechado.

Em depoimento prestado quando a denúncia foi feita, o pai da menina disse que toda a família foi ameaçada de morte por José dos Anjos quando ele deixasse a cadeia. Ele passou alguns meses preso e, hoje cumpre prisão domiciliar.

O juiz Manoel Costa disse que este não é o primeiro caso. Segundo ele, a existem muitos outros, onde homens mais velhos alugam chácaras para terem relações sexuais com adolescente.

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br