Os convites a integrantes do DEM para composição do governo Jair Bolsonaro têm atravancado a vida do deputado federal Rodrigo Maia, que pretende se reeleger presidente da Câmara. Os espaços concedidos a democratas na futura gestão até o momento estão dificultando a negociação da sua candidatura.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, aliados de Maia aconselharam ACM Neto, presidente nacional do DEM, a emitir uma nota formalizando que o partido não endossa as indicações feitas até aqui. No entanto, o democrata prefeito de Salvador recusou a ideia.

Afirmou, conforme a publicação do diário paulista, que o gesto sinalizaria “hostilidade desnecessária” e que não iria impor vetos ou restrições a filiados que queiram colaborar com Bolsonaro.

Por: Redação BNews