O São João de Ipirá neste ano de 2017, homenageou o pernambucano de Serra Talhada, Cícero Limeira Alves “Paraíba do Acordeom”, que chegou a Ipirá em meados dos anos 70 e adotou o município com a sua segunda cidade mãe. Paraíba constituiu família e reside no município conde recebeu o Título de Cidadão Ipiraense pelos seus relevantes serviços prestado não só como funcionário da 21ª CIRETRAN, como também no mundo da música.

Paraíba que era tecladista da banda BS7 nos anos 70, descobriu sua aptidão pela sanfona, seguindo os passos do conterrâneo Dominguinhos, ao lado do saudoso Isaac Reis, Dinho Reis, Zezito Formigão e Chico Moita, começaram a animar festas juninas em clubes, colégios e festas de largo.

Ao longo dos anos, Paraíba foi formando uma legião de músicos não só na família como também muitos jovens talentos surgiram por seu intermédio. Ludmila Rebouças, Gileno, Beto Botho e tantos outros.

Um dos momentos tristes na vida do forrozeiro Paraíba foi num acidente com o ônibus de sua banda no estado de Minas Gerais que vitimou o seu filho Nil contrabaixista do grupo. Mesmo abatido, o mestre Paraíba seguiu sua trajetória musical e hoje conta com as bandas Mel de Urucu e Bahia Show e 5 Segundos, tendo como base os filhos; Ronaldo, Renan, Jú e Ludmila Rebouças esposa de Jú batera.

Depois de uma imensa trajetória musical, o mestre Paraíba do Acordeom foi homenageado com a Vila cenográfica Paraíba do Acordeom. A vila que contava um pouco da história de Ipirá, serviu de cenário para o Arraiá do Camisão 2017.

Para retribuir a justa homenagem, na noite deste sábado (24), Paraíba do Acordeom e a Banda Mel de Urucu fizeram um show memorável que encantou a grande multidão que lotou a Praça Roberto Cintra para curtir a última noite de festa e reverenciar o mestre Paraíba do Acordeom.

Fica aqui a sugestão do Caboronga Notícias para que em 2018 Raymundo Sodré outro renomado ipiraense que levou o nome de Ipirá para o mundo seja homenageado junto com sua mãe adotiva Isaura das “Purgas”, ou o Coió de Anália. Fica a sugestão.

Caboronga Notícias com imagem via WhatsApp