sexta-feira, maio 24, 2024

Pelo menos 41 mortos em inundações repentinas na Indonésia

O número de vítimas fatais decorrentes das inundações súbitas e das correntes de lama fria na ilha de Samatra, na Indonésia, subiu para 41, conforme informaram os serviços de emergência locais hoje.

“Ontem à noite, tínhamos registrado 37 vítimas fatais. Mas desde esta manhã, o número aumentou novamente, para 41”, relatou Ilham Wahab, chefe da agência de gestão de catástrofes de Samatra Ocidental.

Os socorristas continuavam as buscas por 17 pessoas que permaneciam desaparecidas, acrescentou Ilham Wahab.

Um balanço anterior divulgado por Wahab indicava 34 mortes, “16 em Agam e 18 em Tanah Datar”.

As inundações afetaram os distritos de Agam e Tanah Datar, no oeste da ilha, por volta das 22h30 (14h30 em Lisboa) de sábado.

Chuvas torrenciais caíram na região durante horas, provocando inundações súbitas e correntes de lama fria do monte Merapi, um vulcão na província de Samatra Ocidental.

A lama fria é composta por diversos materiais presentes nas paredes do vulcão, como cinzas, areia e rochas. Sob a ação da chuva, esses materiais podem se misturar e escorrer pela cratera.

Nove das vítimas já foram identificadas, incluindo duas crianças de três e oito anos, conforme informou o chefe da agência de busca e salvamento Basarnas, Abdul Malik, em comunicado.

Os deslizamentos de terra e as inundações são eventos frequentes na Indonésia durante a estação das chuvas.

Em março, pelo menos 26 pessoas foram encontradas mortas devido a deslizamentos de terra e inundações no oeste de Samatra.

Notícias ao Minuto

recentes