sexta-feira, junho 14, 2024

PL Bahia não abre mão da democracia interna

O PL Bahia quinzenalmente reúne a diretoria-executiva para discutir os rumos da legenda. Na próxima segunda (10), às 10 horas, um novo encontro será comandado pelo presidente estadual João Roma na sede do partido, em Salvador.

“A democracia se exerce com participação e transparência. Esse tem sido o espírito que guia o PL Bahia em suas decisões e encaminhamentos”, assinala Roma.

Nos últimos encontros da executiva do PL Bahia, estiveram na pauta a organização das ações partidárias e a estruturação dos diretórios municipais no estado.

Para o presidente João Roma, mais do que a nominata para as eleições do ano que vem, é preciso construir um vetor de força, um projeto político. “As candidaturas devem levantar as bandeiras do PL: liberdade e menos impostos”.

Membro da executiva que disputou as eleições passadas a prefeito de Jequié e foi derrotado com pequena margem de voto por um adversário apoiado pelo governador do estado, James Meira elogia a condução do partido por João Roma.

“João Roma é o ponto de convergência da Direita baiana, sobretudo pelo fato de ser o escolhido do presidente Bolsonaro para conduzir os conservadores do nosso estado. Ele tem privilegiado a democracia interna e sempre compartilha suas decisões, ouvindo a todos. Isso gera segurança, o que é fundamental para o fortalecimento do nosso projeto,” afirma James Meira.

As reuniões já realizadas contaram com as presenças dos deputados federais Capitão Alden, Jonga Bacelar e Roberta Roma, além dos estaduais Leandro de Jesus, Diego Castro, Vítor Azevedo e Raimundinho da JR.

Participaram também o vereador Alexandre Aleluia e representantes de Dra. Raíssa Soares, do Capitão Porciúncula, do Comandante Rangel, e demais integrantes da executiva, a exemplo do ex-prefeito de Ourolândia, Antônio Araújo, e de James Meira, liderança de Jequié.

Assessoria de Comunicação

recentes