Policiais militares do posto do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas evitaram que uma mulher embarcasse na Rodoviária Novo Rio com uma criança de 11 anos na mala. Aos policiais, a mulher afirmou que, como o menor era morador de rua, ela decidiu levá-lo para criar em Curitiba.

A PM chegou recebeu a denúncia sobre o caso às 20h30 desta segunda-feira (1º) e passou a fazer buscas no embarque e desembarque da rodoviária. O ônibus sairia às 21h. A mulher, identificada como Natasha Vitorino, de 23 anos, foi presa por subtração de menor e levada para a delegacia.

A Rodoviária Novo Rio deve receber 2,4 milhões de passageiros, sendo 250 mil estrangeiros, de 31 de julho a 18 de setembro, por causa da Olimpíada e da Paralimpíada no Rio de Janeiro. Quarenta e quatro empresas de ônibus vão operar 230 linhas, sendo sete delas internacionais, com chegada e saída do terminal carioca.

Parte dos turistas estrangeiros usarão a Rodoviária Novo Rio para conhecer também outras partes do estado do RJ, como na Região dos Lagos e na Costa Verde.

Os dias de maior movimento devem ser os dias aqueles que tiveram decretados feriados muncipais: 5 de agosto, dia da cerimônia de abertura das competições da Olimpíada; o dia 18 de agosto, quando ocorrerá a prova do triatlo que deve fechar ruas por vários pontos do Rio; e o dia 22 de agosto, dia seguinte ao encerramento das competições, quando delegações e turistas devem deixar a cidade.

Do G1 Rio – Foto: Rodoviária Novo Rio/ Divulgação