sexta-feira, maio 24, 2024

PM iniciou uso de câmeras em fardas nesta terça (7); saiba em quais unidades

A Polícia Militar iniciou nesta terça-feira (7) o uso de câmeras corporais em três unidades de Salvador. São elas: 9° Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) – Pirajá, 23° CIPM – Tancredo Neves e 37° CIPM – Liberdade. O critério de escolha teve como base o número de atendimentos pelo 190. Ao todo, 448 câmeras vão ser usadas nas companhias.

Atualmente, o estado conta com 1.300 câmeras, sendo 200 cedidas pelo Ministério da Justiça e 1.100 locadas pelo governo estadual. A previsão é que os equipamentos estejam disponíveis até o final de junho.

A implementação das câmeras será gradativa e, nas outras fases, vai contemplar também as Polícias Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros Militar. O projeto baiano é o primeiro do país a implantar as câmeras corporais em todas as forças de segurança.

Qual o objetivo?

As câmeras corporais farão um registro da atuação das forças e são destinadas ao uso exclusivo no serviço operacional pelo profissional capacitado, sendo vedada a sua utilização para captação de imagens e áudios que não sejam de interesse da segurança pública.

Nas diretrizes de uso dos equipamentos existem dois tipos de gravação das imagens: a Gravação de Rotina, que consiste em um registro audiovisual produzido pela câmera de forma contínua e ininterrupta; e a Gravação Destacada, marcando temporalmente o início e o término do registro.

O uso das bodycams vai colaborar nas investigações criminais e os registros capturados também são ferramentas para o treinamento de novos agentes e o aprimoramento contínuo dos profissionais de todas as forças de segurança.

Correio

recentes