terça-feira, junho 25, 2024

Polícia Civil segue investigando motivação do triplo homicídio em Rafael Jambeiro

Ainda não há uma confirmação do que tenha levado a motivação do triplo homicídio que vitimou Alan de Araújo Gonçalves, 18 anos; Gabriel de Jesus da Silva, 19 anos e Eran Souza Ferreira Filho, 20 anos, executados no último dia 5 de julho na Fazenda Argoim, zona rural do município de Rafael Jambeiro.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado e coordenador da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (1ª Coorpin), Roberto Leal, informou que as vítimas foram sequestradas na região do Paraguaçu, e levadas para a estrada vicinal.

Delegado“As informações que temos das investigações que ainda estão sendo realizadas pela Delegacia Territorial de Rafael Jambeiro, bem como através da 1ª Coorpin, é que esses três indivíduos estavam em um determinado local na região do Paraguaçu, quando foram arrebatados em um veículo ainda de dados ignorados, e posteriormente foram executados. Após início das investigações, foi identificado que os três homens eram moradores ali da localidade e as linhas de investigação seguem para verificar o que realmente houve”, informou.

Caso da professora morta em Ipecaetá

Na última sexta-feira (14), o corpo da professora Tatiane Santana de Jesus, 37 anos, foi encontrado em um matagal na BA-120, cidade de Ipecaetá.

De acordo com o delegado, a vítima foi morta com golpes de arma branca, mas a pessoa que estava na companhia dela, nada sofreu.

“As informações preliminares que nós temos, é que ela estava na companhia de uma outra pessoa, quando indivíduos a abordaram e depois ela foi executada com arma branca, provavelmente facão. Agora nós estamos realizando as investigações, justamente para poder tentar entender os antecedentes desta pessoa, saber se foi vinculado a algum tipo de fato que levasse a esta execução, tendo em vista que a outra vítima não sofreu nenhum tipo de agressão”, detalhou.

Ainda segundo o delegado Roberto Leal, nenhuma hipótese está sendo descartada neste momento para elucidação do crime.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

recentes