Oito pessoas, envolvidas em um esquema de sonegação de impostos há 10 anos, foram capturadas na manhã desta quarta-feira (14), por uma Força Tarefa integrada pela Secretaria da Segurança Pública, Ministério Público Estadual e Secretaria da Fazenda. Além das prisões, mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em Salvador, Camaçari, Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos, e no município de Itajaí, no estado de Santa Catarina.

Em Feira de Santana, a polícia cumpriu mandados em duas residências no Vila Olímpia, nos condomínios Palm Garden e Viva Mais I, porém não passou detalhes.

Já em Salvador, um dos alvos foi localizado no bairro de Cidade Jardim, no edifício Terrazzo Collina. Outra ordem judicial cumprida na capital, ocorreu na região da Contorno, no Porto Trapiche Residence. O proprietário do imóvel, às margens da Baía de Todos os Santos, foi encontrado, em Praia do Forte, município de Mata de São João.

Durante buscas em 19 locais, os policiais civis da Dececap, da Coordenação de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) apreenderam cerca de 100 carros, duas lanchas, sete jets skys, 70 mil reais em espécie, computadores, documentos, entre outros itens.

“Solicitamos o sequestro destes bens e recebemos decisão favorável da Justiça”, contou a delegada Nayara Sales Brito, integrante da Dececap e responsável pela inquérito.

Deram apoio nos cumprimentos dos mandados equipes do Departamento de Polícia do Interior (Depin) e da Coordenação de Operações Especiais (COE).

Fotos: SSP-BA

Acorda Cidade