Uma multidão tomou conta da Câmara Municipal de Riachão do Jacuípe, na manhã desta quinta-feira (10), cobrando dos vereadores explicação sobre o projeto que reajusta os salários do prefeito, vice-prefeito e vereadores a partir de 2017, os índices que variam de 28% a 41,5%.

O salário do vereador vai passar de R$ 5.300,00 para R$ 7.500,00 por mês reajuste de 41,5%, o salário do prefeito vai passar de R$ 14.000,00 para R$ 18.000,00 reajuste de 28,57%,o do vice sai dos R$ 7.000,00 e vai passar a ser 9.000,00 por mês.

Durante a sessão Dr.Gilson estava usando a tribuna da câmara para falar do investimento do SUS, alegando não ser suficiente para manter o atendimento em clinicas e hospitais, e foi interrompido pelos gritos de vergonha pelos manifestantes, que exibiram cartazes criticando os parlamentares e pedindo a revogação do reajuste, o presidente da câmara o vereador Célio Roberto suspendeu a sessão por cinco minutos , aguardando que os manifestantes se acalmassem o que não aconteceu, tendo que chamar a policia para acalmar os ânimos durante o reinicio da sessão.

Após a chegada da policia alguns manifestantes dispersaram do local outros permaneceram, e a tranquilidade foi restabelecida e a sessão transcorreu normalmente, após o fim da sessão o presidente da câmara junto com todos os vereadores sentaram com os lideres do movimento que pediram a revogação do projeto aprovado na câmara, e se inscreveram para uso da tribuna na próxima sessão.

www.interiordabahia.com.br
Por: Rodrigo Nascimento