População cobra da Coelba e do Prefeito de Ipirá, solução para as constantes quedas de energia elétrica ocorridas na cidade

72

Moradores e comerciantes de Ipirá (BA) estão transtornados com as frequentes quedas de energia elétrica que ocorrem no município.

O problema vem acontecendo com frequência, ocasionando graves prejuízos a população, gerando queima de eletrodomésticos, danificando aparelhos, equipamentos no comércio, nas empresas e nas indústrias.

O ápice do problema aconteceu neste domingo (25), com o ‘pisca-pisca’ constante no fornecimento de energia, causando grandes transtornos aos usuários ipiraenses.

O que aconteceu neste domingo, foi pior do que a falta prolongada de energia, pois as oscilações foram constantes, já a noite, no período de uma hora, a energia faltava e voltava em poucos segundos ou minutos, causando transtornos enormes aos usuários de computadores que não possuem os caros nobreaks e também ao comércio. Por ser um dia de domingo as geladeiras e refrigeradores, em uso nas lojas comerciais, sofreram vários impactos dos picos de energia, sem ter pessoas nas empresas que pudessem retirar os aparelhos das tomadas.

Isso tem levado empresários e toda a população a ficarem estarrecidos com o problema. A população quer explicações e pede solução urgente para o que está ocorrendo.

A Prefeitura é a principal responsável para cobrar da Coelba um bom fornecimento de Energia Elétrica no município

Além das queixas a Coelba, a população exige a responsabilidade do Prefeito em cobrar da fornecedora de energia uma solução para os problemas.

Queixa-se e cobra-se muito da Coelba, mas esquecem que a prefeitura é a principal responsável em cobrar da fornecedora de energia uma prestação de serviço correta.

O que a prefeitura de Ipirá tem feito em relação a precária prestação de serviços no município? Com um fornecimento de energia precário sofre principalmente o comércio e as industrias do município.

Apesar de tantas queixas, transtornos e prejuízos, até agora não temos conhecimento de uma atitude enérgica do Poder Público, através do Prefeito, para estar cobrando o fornecimento de energia que respeite os direitos dos usuários ipiraenses.

Lembrando que pagamos uma energia que está entre as mais caras do mundo. E o poder público, através do Prefeito, tão bem pago pelo povo, deve sempre estar na linha de frente, na defesa dos direitos do município. O poder Público, o prefeito, tem sempre o dever de ser o porta voz do povo na resolução de problemas que dizem respeito ao bem-estar da população e do município.

A prefeitura, através do seu caríssimo departamento jurídico, pago pelo povo de Ipirá, pode ingressar judicialmente com ação contra a Coelba, devido ao descaso no atendimento da cidade. Coisa que não tem acontecido em Ipirá.

Além de precisarmos de justiça e atuação do poder público, encerro, lembrando uma frase que já faz parte do cotidiano do ipiraense: “Só Deus na causa”.

Por Orlando Santiago Mascarenhas
www.ipiranegocios.com.br