Prefeito acusa oposição de Ipirá tenta barrar a retomada do desenvolvimento do município a qualquer custo e na base da mentira

Uma operação de crédito que pode gerar um investimento de até R$ 10 milhões e que a oposição tenta barrar a qualquer custo, é um grande projeto do prefeito Marcelo Brandão, pensando no benefício imediato de pavimentar mais de 60 ruas que sofrem com a falta de infraestrutura adequada na cidade de Ipirá.

Se o investimento é ruim na ótica da oposição, cabe aos moradores das ruas que serão beneficiadas responder, pois a aprovação do projeto irá ajudar na melhoria da qualidade de vida das pessoas, na diminuição de doenças fruto da lama e poeira, oportunizando melhoria na qualidade de vida.

A não aprovação do projeto significa dizer que a infraestrutura que existe é adequada e que as pessoas devem continuar vivendo em ruas sem pavimentação, com poeira e lama. O investimento somente será possível graças ao equilíbrio financeiro e a regularidade do município juntos aos órgãos federais e estaduais.

Esse tipo de operação já foi feito por ACM Neto (Prefeito de Salvador) e Ruy Costa (Governador do estado da Bahia), e irão trazer benefícios na geração de empregos e desenvolvimento para o município.

A oposição está fazendo estardalhaço, mentindo, tentando mais uma vez enganar o povo e levando informações falsas para população, movidos pelo medo de Marcelo Brandão entrar para a história de Ipirá como o prefeito que mais trabalhou por nossa terra, coisa que nunca fizeram em 12 anos. Sugiro que a população seja convidada a participar da votação e analise quais vereadores irão votar para que suas ruas continuem com lama e poeira.

Esse empréstimo possibilitará a retomada do desenvolvimento de Ipirá, injetando na economia mais de dez milhões de reais, gerando emprego, renda e trazendo benefício direto a toda população, um grande passo para colocar Ipirá de volta no rumo do crescimento, pois não é fácil recuperar 12 anos de atraso sem a ajuda desse investimento.

“Votar contra esse projeto não é votar contra o prefeito, mas sim votar contra o desenvolvimento de Ipirá. Vamos todos fiscalizar quem vai votar a favor do povo, e quem vai votar contra”. Diz seu José Carlos.

Fonte: No Comando da Notícia