Artista de forte presença na música de Feira de Santana, nas últimas décadas, o cantor e compositor Mairi Monte Alegre, morto no domingo (17/02/2019), por um infarto fulminante, deixa uma “forte lacuna” na cultura regional. O prefeito Colbert Martins Filho lamenta a perda, afirmando que ele “marcou uma época”.

Nascido no município que carregava no nome artístico, Antonio Pinto de Oliveira Filho, o Mairi Monte Alegre, teve uma presença “constante e valorosa” em Feira de Santana, diz o prefeito. “O Governo Municipal se solidariza com os seus colegas da música, com toda sua família e com nossos irmãos da vizinha cidade, todos consternados neste momento”.

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, jornalista Edson Borges, emitiu nota “lamentando muito a morte do cantor Mairi Monte Alegre, ocorrida subitamente”. Ele diz: “É uma perda muito grande para o segmento musical e mais ainda há de se lamentar a morte de um ser humano muito querido, batalhador e dedicado à profissão e aos amigos”.

Fonte: Jornal Grande Bahia