Com o desabamento de uma parede que dá acesso a parte inferior da residência onde funciona a Associação dos Estudantes Ipiraenses (Aeipi), na Rua do Tororó, em Salvador, no último domingo (2), e a denúncia dos estudantes de que a gestão municipal sabia da situação precária do imóvel, o prefeito da cidade, Marcelo Brandão (DEM), afirma que trabalha para resolver o caso.

Segundo o gestor, engenheiros da prefeitura programaram visita ao local na manhã desta quarta-feira (5) para começar os trabalhos de reforma do espaço. A prefeitura informou que já procura um imóvel para abrigar os estudantes. Um documento foi assinado pelo prefeito, pelos estudantes da casa, e pelos vereadores André da Saúde, da situação, e Carlinhos Simas, para firmar o compromisso.

Brandão justificou o caso como “descaso das gestões anteriores, que nos últimos 12 anos nada fizeram pela residência estudantil, sendo o principal responsável pelo estado crítico que se encontra a mesma”.

Com informações do Bahia Notícias | FOTO: Reprodução |