O Município de Ipirá informa que a EMBASA vem praticando tarifas abusivas de serviço de esgotamento sanitário à comunidade. A  Prefeitura NOTIFICOU a empresa para o cumprimento imediato da Lei nº 778/2019 de autoria do vereador Laelson Neves e sancionada pelo Prefeito Municipal em 15/10/2019.

A Lei Municipal determina que o valor máximo que poderá ser cobrado na tarifa de esgoto é de 40% sobre o consumo de água e não 80% como ocorre atualmente. O MUNICÍPIO já tinha NOTIFICADO a EMBASA em 07/02/2020 através do Ofício 16/2020.

Caso a irregularidade permaneça, o município ingressará com uma ação civil pública, representando os consumidores, referente a cobrança da taxa de esgotamento sanitário, pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). Os moradores reclamam da cobrança que está em 80% do valor da conta de água.

Por Marcone Macedo com imagem ilustrativa