Em um tempo não muito distante, se ouvia país a fora uma cantilena em forma de jingle que dizia:” Onde o PT Governa dá Certo”. Só que na prática a realidade foi bem diferente da música. O pais que começou enfrentando uma marolinha, que depois se terminou em uma avalanche devastadora que mergulhou o país, estados e municípios num verdadeiro mar de lama.

Os municípios de Ipirá, Baixa Grande e Pintadas no Território da Bacia do Jacuípe sentiram de perto o jeito PT de governar.

Acompanhe abaixo o caos administrativo que o governo Corujão mergulhou o município de Pintadas.

Nesta segunda-feira (16) a Secretaria de Infraestrutura de Pintadas expôs em Praça Pública, parte da frota da Prefeitura para que a população tivesse conhecimento do estado atual dos veículos.

Segundo a secretaria, a situação encontrada é de completo sucateamento e a maioria da frota não apresenta condições de uso. Vários carros estão com o motor batido, sem motor, sem macacos e danificados por falta de manutenção. Entre os veículos estão ambulâncias, ônibus, caminhões, moto niveladoras (patrol.), tratores e carros.

Entre eles, um micro-ônibus da Secretaria de Saúde que deveria transportar pacientes para consultas e tratamentos fora do domicílio, todos eles foram guinchados até o local da “exposição” no centro da cidade.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Aliomar Sena, foi um descaso da ultima gestão ter deixado a frota no estado que se encontra hoje:

“Os ônibus escolares estão com os pneus “carecas”, bancos arrancados, peças e latarias danificadas e dos doze ônibus, onze não tem pneu socorro, alguns sem bateria, impossibilitando desta forma o transporte dos alunos, fazendo com que o início das aulas fossem adiadas até que o processo de licitação seja liberada para comprar pneus e peças para que a frota volte a circular dando condições de segurança aos alunos .” Afirmou o secretário.

Segundo o prefeito Batista, a intenção é mostrar à população que assumiu o governo com grande parte da frota sucateada, o que inicialmente deve prejudicar a prestação de alguns serviços aos munícipes.

“Tinha ideia de que pegaria o município em situação precária, mas não desse jeito. Tem veículos sem a mínima condição de segurança e uso. Fizemos um levantamento de um inventário para recuperar a frota e o custo está estimado entre R$ 700.000,00 e R$ 1.000.000,00, sendo que alguns veículos não vale a pena consertar. ” Afirmou Batista.

A prefeitura pede a compreensão da população e afirma que está agindo conforme as possibilidades para tentar normalizar e resolver a atual situação e oferecer um melhor serviço público aos munícipes.

ASCOM Prefeitura Municipal de Pintadas com fotos de Dell Brandão.

Veja todas as fotos aqui.