A Praça Roberto Cintra, em Ipirá (BA), foi palco da apresentação da peça ‘Medida Por Medida’. Inspirada na obra homônima de William Shakespeare, a encenação do grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) aconteceu nesta quarta-feira (11), às 19 horas.

Presente ao evento, o prefeito Marcelo Brandão, que se encontrava no meio do povo, estava descontraído, alegre e satisfeito. “O público superou as nossas expectativas. A Secretaria da Educação, juntamente com a Diretoria de Cultura Esporte e Lazer, estão de parabéns por trazerem uma peça já bastante aclamada e sucesso de público em diversas capitais do país, sucesso este confirmado aqui em Ipirá com uma plateia ampla, onde a apresentação está sendo bastante prestigiada e aplaudida”, disse Marcelo, concluindo: “Nos últimos anos Ipirá ficou bastante carente de eventos culturais, agora em nosso governo a cultura voltará a ter prioridade dentro da administração”, frisou Marcelo.

Além do Prefeito Marcelo, estiveram presentes ao evento a Secretária de Educação Edineuza Ribeiro Oliveira; a Diretora de Cultura, Marina Sodré; vereadores, diversos funcionários da prefeitura, e ampla plateia, que a todo instante aplaudia a obra cultural.

A peça, com duração de 1h:20m, é assinada pelo dramaturgo e diretor Romualdo Lisboa. Possui classificação indicativa de 12 anos. Embora seja em geral considerada uma comédia, ‘Medida por medida’ tem momentos de intenso drama. Escrita por volta de 1604, o texto permanece atual por abordar temas como o poder, a corrupção e os dilemas éticos e morais da vida pública e privada.

Trama – Quando se ausenta de Viena, o Duque deixa o poder nas mãos de Ângelo, um rigoroso juiz que faz cumprir à risca as leis contra a fornicação em vigor na cidade. Porém, a aplicação obstinada da lei resulta na separação de dois inocentes: por não terem seguido todos os trâmites legais ao casar-se, a gravidez de Julieta rende a Cláudio o encarceramento e uma condenação à morte. Isabella, noviça e irmã do prisioneiro, tenta reverter a sentença, mas Ângelo mostra-se irredutível – a não ser que a donzela esteja disposta a comprar a vida do irmão com a própria virgindade. Para tomar essa decisão, Isabella recebe a ajuda de um misterioso frei, que surge para ajudá-la a combater os malfeitos de Ângelo.

Por Orlando Santiago Mascarenhas
www.ipiranegocios.com.br