Questionado sobre como o comércio está se deparando com mais um decreto estadual que impede o seu funcionamento, o empresário e atual presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Baixa Grande, Judelson Queiroz, respondeu que reconhece a preocupação do governador diante da pandemia. Judelson, acha desnecessárias as medidas para o município de Baixa Grande, um vez que o comércio sempre cumpre as exigências dos Decretos municipais.

“Reconhecemos a preocupação do Governo Estadual diante da Pandemia do COVID 19, no entanto não concordamos com a amplitude do Decreto que atingiu muitas cidades da Bahia, pois cada qual vive sua própria realidade. Aqui em Baixa Grande, por exemplo, não havia necessidade para um lockdown já que os estabelecimentos comerciais sempre cumpriram com as obrigações elencadas pela Secretaria de Saúde, e o pior ainda, as lojas que estão fechadas não causam aglomerações. O problema da disseminação do vírus em nossa cidade está nos paredões e festas clandestinas em todas as regiões. Precisamos sim, criar condições para punir os verdadeiros culpados e deixar o comércio seguir seu curso normal” disse Judelson Queiroz.

Com informações e foto do Bacia do Jacuípe

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •