Apesar da Embasa fazer publicidade pedindo que as pessoas economizem água, por conta da poucas chuvas nas regiões de barragem que abastecem Salvador e a Região Metropolitana, o presidente da empresa de economia mista, Rogério Cedraz, afastou a possibilidade de racionamento de água.

“A gente tem feito ações para impedir esse problema na Região Metropolitana de Salvador. Fizemos melhorias na barragem de Santa Helena, para garantir a operação”, afirmou, ao Bocão News.

Apesar da estiagem, Cedraz afirmou que o Estado tem “condições de operar ainda um longe tempo” sem recorrer a ações emergenciais, como o volume morto.

“Não temos como prever as chuvas, mas vamos entrar no período de chuvas agora e temos condições de operar ainda um tempo longo em Santa Helena e Pedra do Cavalo. A gente não usa volume morto, nos pontos que captamos, mesmo no limite, ainda temos dentro do manancial 50% do volume”, explicou.

Por Alexandre Galvão/Bocão News