Primeira dama de Ipirá, Andréa Brandão.

A primeira dama de Ipirá, Andréa Brandão, não tem medido esforços junto à administração municipal no sentido de ver estabelecido um subsídio mensal que garanta a manutenção e o crescimento do projeto DANÇAR A VIDA.

O projeto que foi criado e coordenado pela Paróquia Senhora Santana de Ipirá, sob a coordenação do agora Padre Roquelino, tendo como instrutor o jovem Jurandy Costa. Outros destaques do projeto também, Dalila (professora de Educação física), Lucas (músico e mestre de obras), Dalane (pedagoga), Erika estudantes de (fisioterapia), entre outros que  já ingressaram no mercado de trabalho com o incentivo do projeto. O DANÇAR A VIDA vem realizando um belo trabalho social entre as classes mais vulneraveis da sociedade.

A maior conquista do projeto foi revelar para o futebol feminino do brasileiro a jogadora Maria Dias, nascida no povoado do Ipirazinho e que hoje atua como jogadora na equipe do Santos Futebol Clube de São Paulo.

Segundo Jurandy Costa, a documentação para assinatura do convênio já se encontra na prefeitura e o apoio da primeira dama será imprescindível para alavancar ainda mais o sucesso do projeto.

Entusiasta e admiradora do projeto, Andréa tem mantido contato com a educadora Néa em busca dos dados necessários e, com o esforço de toda equipe da prefeitura, espera, em muito breve, comemorar mais essa vitória. “O DANÇAR A VIDA é um patrimônio de Ipirá”, diz a primeira dama.

No dia (20) o projeto completará 14 anos de existência transformando vidas.

Caboronga Notícias com imagens do projeto