terça-feira, fevereiro 27, 2024

Protesto de professores marcou a abertura da Jornada Pedagógica 2024 em Baixa Grande

Com o tema “Os desafios da Educação Contemporânea e a Reorganização do Trabalho Escolar”, foi iniciada na noite da segunda-feira (05), a Jornada Pedagógica em Baixa Grande, e como de costume, a jornada inicia sempre a noite com acolhimento, fala de autoridades e palestra.

O evento aconteceu no auditório da Escola Professor Adenias Rodrigues da Silva, com a participação dos músicos Edson Lima e Marcos Paulo, que apresentaram um lindo repertório musical.

Sem reajuste salarial, dezenas de professores foram de preto e com apito, onde realizaram atos de protesto em vários momentos da Jornada. Alguns traziam cartazes, cobrando da gestão, cobrando o cumprimento do piso salarial que não acontece por 4 anos consecutivos.

A professora Dionéia Fernandes, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, disse que 100% dos professores estão em protesto e alguns não se manifestam por medo da perseguição.

Ainda segundo ela, os educadores de Baixa Grande recebem hoje R$ 2.591,00 como salário base, enquanto o Piso Nacional é de R$ 4.520,00.

“É impossível trabalhar mais um ano com uma pessoa que não lhe ouve. Os professores de Baixa Grande seguem sem nenhum centavo de reajuste pelo quarto ano” disse.

A palestra de abertura da Jornada foi ministrada pelo professor Nelson Navarro, com o tema “A Escada do Sucesso”. Ele frisou a importância de vivermos intensamente, buscando a paz interior e com colegas, pensando em um futuro cada vez melhor.

A Jornada Pedagógica segue nesta terça-feira (06), com apresentações culturais, palestras e planejamento do ano letivo 2024. De acordo com o calendário escolar, o ano letivo nas escolas públicas terá início no próximo dia 19.

Por: Ediomário Catureba

recentes