sexta-feira, fevereiro 23, 2024

PT pode virar alvo do STF após pedir concessão de canal de TV; entenda

Após o pedido de concessão do PT para ter canais de rádio e TV ao governo federal, o Partido Novo acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) para ir contra a intenção do partido petista, que, segundo o Novo, tem como objetivo “divulgar” a sigla e “consolidar seu projeto de poder”.

“Um partido político com concessão de rádio e TV é algo tão surreal que nem sequer as ditaduras que servem de inspiração para o PT foram tão longe”, disse o presidente do Novo, Eduardo Ribeiro, no perfil da legenda no Twitter.

O PT diz que a medida iria dar à população a oportunidade de participar efetivamente do governo. O ofício enviado ao Ministério das Comunicações, na última terça-feira (6), foi assinado pela presidente da sigla, Gleisi Hoffmann (PT-PR), e pelo secretário da área de comunicação, Jilmar Tatto (PT-SP).

“Um canal de comunicação próprio possibilitaria o cumprimento de um dever constitucional, legal e estatutário, oportunizando uma participação política para além do simples ato de votar, adotando-se uma verdadeira pedagogia de participação político-partidária”, indica o ofício.

Jilmar Tatto afirma que a criação de um canal ajudaria a “difundir as ideias e propostas da militância” do partido. No ofício, o secretário afirma que o PT é “o maior partido político de esquerda da América Latina, com mais 2,5 milhões de filiados e filiadas, está organizado em todas as capitais e na grande maioria dos municípios brasileiros”.

BNews

recentes