Quadrilha Junina Vai Vai Sai da Frente, promete realizar mais um belo espetáculo em Ipirá

319

Cada vez mais imponente, a Quadrilha Junina Vai Vai Sai da Frente, vem se consolidando como o mais importante patrimônio cultural de Baixa Grande. Por onde passa, o grupo arranca aplausos do público com sua performance, elegância da sua fantasia e simplicidade dos seus componentes.

A Quadrilha Junina surgiu no São João de 2006, por conta do Forróquial em sua 1ª edição realizado pela paróquia Nossa Senhora da Conceição, a quadrilha junina que até então não tinha nome, composta por jovens do grupo de teatro OS LEGAIS, grupo jovem da paróquia e convidados. Em 2010, ganhou o nome de Vai Vai Sai da Frente, sugerido pelos participantes.

O figurino ganhou destaque com as edições temáticas, a partir de 2009 artes circenses, em 2010 Brasil Copa do Mundo, em 2011 Baixa Grande – nossa terra, em 2012 o centenário do Rei do Bailão – Luiz Gonzaga, em 2013 Bahia! Minha Terra, Meu Amor, em 2014 Brasil a copa do mundo é nossa – Forró e futebol no terreiro de casa, 2015 Festa Junina a Oitava Arte, em 2016 Festa Junina a Quinta Estação, em 2017 “Tempo”, e em 2018 ‘Somos de todas as cores.

Neste ano de 2018 o grupo traz o tema: “Somos de todas as cores”.
A cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fótons sobre células especializadas da retina, que transmitem, através de informação pré-processada ao nervo óptico, impressões para o sistema nervoso. A cor de um objeto é determinada pela freqüência da onda que ele reflete. A cor é relacionada com os diferentes comprimentos de onda do espectro eletromagnético. Considerando as cores como luz, a cor branca resulta da sobreposição de todas as cores primárias (verde, azul e vermelho).

Na natureza, amarelo, azul e vermelho são as cores de onde todas as outras se originam a partir de suas combinações:

Amarelo + azul = verde
Vermelho + amarelo = laranja
Azul + vermelho = roxo.

Assim com os humanos a miscigenação consiste na mistura de raças, de povos e de diferentes etnias e cor. Poucos lugares no mundo passaram por uma miscigenação tão intensa quanto o Brasil. Os portugueses já trouxeram para o Brasil séculos de integração genética e cultural de povos europeus, como os povos celta, romano, germânico e lusitano.

Embora os portugueses sejam basicamente uma população européia, sete séculos de convivência com mouros do norte da África e com judeus deixaram um importante legado a este povo. No Brasil, uma parte substancial dos colonizadores portugueses se miscigenou com índios e africanos, em um processo muito importante para a formação do País.

Assim com os índios que a que já estavam.
Igualdade é a inexistência de desvios ou incongruências sob determinado ponto de vista, entre dois ou mais elementos comparados, sejam objetos, indivíduos, idéias, conceitos ou quaisquer coisas que permitam que seja feita uma comparação.

Igualdade é a ausência de diferença. A igualdade ocorre quando todas as partes estão nas mesmas condições, possuem o mesmo valor ou são interpretadas a partir do mesmo ponto de vista, seja na comparação entre coisas ou pessoas.

A palavra igualdade está relacionada com o conceito de uniformidade, de continuidade, ou seja, quando há um padrão entre todos os sujeitos ou objetos envolvidos.

“Diversidade” é um conceito amplo, com aplicação em diferentes campos do conhecimento humano, entre os quais: no campo do pensamento humano, a diversidade filosófica e a diversidade de opiniões ou pontos de vista sobre certo assunto.

O respeito demonstra um sentimento positivo por uma pessoa ou para uma entidade (como uma nação, uma religião, etc.) e também ações especificas e condutas representativas daquela estima.

Amor (do latim amore) é uma emoção ou sentimento que leva uma pessoa a desejar o bem a outra pessoa ou a uma coisa

“O amor não se define, o amor se vive”

Agenda:
08/06/2018 – Baixa. Grande – 14º Forróquial
15/06/2018 – Arraiá Brás Nery – Ponto de Mairi – Mairi
16/06/2018 – Boa Vista do Tupim
19/06/2018 – Arraiá do Camisão – Ipirá
20/06/2018 – Arraiá do Caldeirão Coberto – Pintadas
20/06/2018 – Forró do CRAS – Baixa Grande
21/06/2018 – Arraiá da Lapinha – Mairi
21/06/2018 – II Festival de Quadrilhas – Baixa Grande
22/06/2018 – 2 º Encontro Regional de Quadrilhas – Utinga
23/06/2018 – Forro do Tikko – Italegre – Baixa. Grande
23/06/2018 – Anguera
24/06/2018 – Arraiá do Campo Alegre – Capela do Alto Alegre
27/06/2018 – Pov. Lagoa do Cipó – Baixa. Grande
30/06/2018 – 1º Encontro Regional de Quadrilhas – Itaberaba
01/07/2018 – Arraiá da Rua 7 – Baixa Grande
25/07/2018 – Arraiá do CRAS- Várzea da Roça

Apoio:
Paróquia Nossa Senhora da Conceição Cantora Claudia Carvalho (74) 99994-8450 (Pinto ‘Studio) Clube 05 de Março.

Contato e Informações.
Florivaldo Campos (74) 99977-8215 / Jiva Leon (74) 99991-8593
Facebook.com/@quadrilhaJuninaVaiVaisaidafrente

Caboronga Notícias com Informações e foto de Florivaldo Campos